Cearense conquista bicampeonato russo e vive expectativa de jogar a Copa do Mundo

O Lokomotiv Moscou conquistou, de forma antecipada, o terceiro troféu da Liga Russa e garantiu participação direta na fase de grupos da próxima Liga dos Campeões. Um dos destaques do time é o atacante cearense Ari.

Contratado no começo de 2017, o jogador revelado pelo Fortaleza conquistou o segundo título desde que chegou ao clube, após vencer a Copa da Rússia na temporada passada. O atacante comentou sobre a alegria de mais um título no país que é sede da Copa do Mundo deste ano.

“Cheguei aqui para conquistar troféus. Essa é minha meta. Estou muito feliz por poder dar mais essa alegria ao nosso torcedor que sempre nos apoiou incondicionalmente. Mais uma vez provamos nosso valor e mostramos que temos um grupo unido e muito competitivo”, celebra Ari.

Jogando há oito anos no país da próxima Copa do Mundo (já defendeu o Spartak Moscou e Krasnodar), o título representa também a volta por cima do brasileiro, que sofreu ruptura dos ligamentos do joelho direito em julho de 2017, ainda pela segunda rodada da competição diante do CSKA, e ficou afastado da equipe por boa parte da temporada, retornando aos gramados no início deste ano.

Torcedor com problemas respiratórios foi levado ao Castelão pelos mascotes de Ceará e São Paulo
“Passei por um momento muito complicado. Por conta dessa lesão perdi muitos jogos e não pude fazer o que mais amo. Com muito trabalho consegui retornar a tempo, ajudar o time e participar dessa belíssima campanha que fizemos. É uma felicidade dupla. Graças a Deus consegui retornar bem e ser campeão. Agora é só comemorar”, vibra.

Ari ainda pode ter mais um motivo para comemorar. Após tirar o passaporte russo e receber elogios do treinador da equipe nacional, Stanislav Cherchesov, o jogador aguarda uma possível convocação para defender a seleção anfitriã do mundial. “Fechar a temporada com uma Copa do Mundo seria algo magnifico. Mas estou tranquilo quanto a isso. Agora é hora apenas de comemorar essa conquista com minha família e meus companheiros. O próximo capítulo deixo nas mãos de Deus”, afirma.

Proprietário do Uniclinic

Além de seguir fazendo história na Rússia, Ari também escreveu um capítulo diferente no Uniclinic. O jogador é o novo gestor do clube que deve mudar de nome para a temporada 2019.

Neste ano, a equipe conseguiu chegar as semifinais do Campeonato Cearense e além disso uma vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro para a próxima temporada. O time também tem o técnico mais jovem do Brasil. Um dos destaques do Campeonato Estadual.

 

Fonte: tribunadoceara

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios