Dia de decisão! Grêmio faz primeiro duelo da final contra o Lanús

Dez anos depois, o Grêmio está de volta a uma final de Libertadores. E assim como em 2007, o adversário será um time argentino: o surpreendente Lanús. A arena do Tricolor, em Porto Alegre, será o palco do primeiro de dois duelos que decidirão quem levanta o troféu de campeão da América.

Da última vez que chegou a uma decisão continental, o Grêmio pegou o estrelado Boca Juniors de Riquelme, Palacio e Palermo e acabou derrotado nos dois jogos. Agora, o Tricolor tem pela frente um rival bem menos tradicional que o time xeneize que aplicou 5 a 0 no placar agregado naquela final. O Lanús é um clube de menor expressão de Buenos Aires e joga sua primeira disputa pelo troféu da América.

Já o Imortal, conhecido pela fama de “copeiro”, é experiente nessa situação –participa de sua quinta decisão de Libertadores. Enfrentar um “hermano” também não é novidade, já que duas das quatro finais gremistas foram contra equipes argentinas. Os títulos do Tricolor, entretanto, não vieram contra esses times.

Além do vice-campeonato em 2007, a outra derrota em finais veio diante do Independiente, em 1984. Os títulos foram conquistados em 1983, contra os uruguaios do Peñarol, e em 1995, em cima do Atlético Nacional, da Colômbia.

A edição 2017 da Libertadores marca o retorno de uma equipe brasileira ao jogo mais importante. Desde 2013, quando o Atlético Mineiro venceu o Olimpia, o País não tem um representante na grande final. O curioso é que, antes da conquista do Galo, o torneio continental vivia uma “overdose” de equipes nacionais.

Foram nove edições seguidas com times do Brasil na decisão do mais importante campeonato da América do Sul. De 2005 a 2013, dez clubes do País figuraram no confronto final, acumulando seis títulos.

O retrospecto de decisões entre Brasil e Argentina não favorece o Grêmio nesta quarta-feira. Das últimas seis finais disputadas por times dos dois países, apenas uma foi vencida por um compatriota do Tricolor Gaúcho – o Corinthians bateu o Boca em 2012, encerrando um tabu de cinco conquistas hermanas em cima de brasileiros.

Para buscar o tricampeonato e entrar para a galeria, que hoje conta com Santos e São Paulo, dos times brasileiros que mais vezes venceram a Libertadores, Renato Gaúcho tem todo o time à disposição. Entretanto, o treinador não confirmou a equipe que vai a campo nesta quarta.

Do outro lado, Jorge Almirón revelou que escalará o mesmo time que venceu o River Plate na partida de volta das semifinais. A escalação do Lanús para o duelo será: Andrada; Gómez, García Guerreño, Bragheri e Velázquez; Martínez, Marcone e Pasquini; Silva, Sand e Acosta.

http://esportes.r7.com/futebol/dia-de-decisao-gremio-faz-primeiro-duelo-da-final-contra-o-lanus-22112017

Deixe uma resposta